SOBRE     |     FALE CONOSCO

GERAL

Secretaria segue campanha de vacinação contra febre amarela em SFI; RJ registra mais uma morte

POSTADO EM 06/02/2018 19:24:00 POR: VNOTÍCIA

 

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de São Francisco de Itabapoana segue intensificando a vacinação contra a febre amarela no município. Durante esta semana, o ônibus da Secretaria estará estacionado na Praça São Francisco de Paula, na área central de São Francisco de Itabapoana (SFI), para vacinar a população contra a febre amarela. O horário de atendimento é das 9h às 17h.

 

Nesta terça-feira, 06, foi registrado mais uma morte por febre amarela no Rio de Janeiro, no município de Sumidouro, subindo para 22 o número de mortos no Estado.

 

“As mortes de pessoas em decorrência da doença em todo Estado do Rio de Janeiro tem aumentado de forma preocupante. Embora os casos ainda estejam concentrados na Região Serrana, a possibilidade de registro de febre amarela na Região Norte é muito real”, destacou o secretário municipal de Saúde, Sebastião Campista. Ele afirmou que a dose aplicada em SFI é a plena, que só precisa ser tomada uma vez na vida.

 

De acordo com Campista, mais de 12 mil moradores ainda precisam ser vacinados, conforme meta estipulada pelo Ministério da Saúde.

 

“O público alvo são as pessoas com idade superior a nove meses e inferior a 59 anos. Nossa equipe está preparada para esclarecer as dúvidas da população”, informou.

 

Além do ônibus, a vacina também está disponível em 10 unidades de saúde do município, entre 8h e 17h, de segunda a sexta-feira. Os locais são: Clínica da Família, também no Centro de SFI; Hospital Municipal Manoel Carola (HMMC), em Ponto de Cacimbas; Estratégia da Saúde da Família (ESF) de Barra do Itabapoana, Travessão de Barra, Praça João Pessoa, Guaxindiba e Gargaú; e as Unidades Básicas de Saúde (UBS) de Imburi, Santa Clara e Buena.

 

Números da doença no Estado

 

Segundo o mais recente informe epidemiológico divulgado no início da noite desta terça-feira, 06, pela Secretaria Estadual de Saúde, foram registrados até o momento em 2018 48 casos confirmados da doença com 22 mortes. Confira os números:

 

Informe Epidemiológico - Febre Amarela

 

A Subsecretaria de Vigilância em Saúde da Secretaria de Estado de Saúde do RJ informa que em 2018 foram registrados 48 casos de febre amarela silvestre em humanos:

 

- 7 casos - Teresópolis, sendo quatro óbitos

- 14 casos - Valença, sendo cinco óbitos

- 6 casos - Nova Friburgo, sendo três óbitos

- 1 caso - Petrópolis

- 1 caso - Miguel Pereira, sendo um óbito

- 2 casos - Duas Barras

- 2 casos - Rio das Flores, sendo dois óbitos

- 1 caso - Vassouras

- 5 casos - Sumidouro, sendo dois óbitos

- 3 casos - Cantagalo, sendo dois óbitos

- 1 caso - Paraíba do Sul, sendo um óbito

- 2 casos - Carmo, sendo um óbito

- 1 caso - Maricá

- 1 caso - Angra dos Reis, sendo um óbito

- 1 caso - Paty do Alferes

 

Número de localidades com casos confirmados de febre amarela em macacos:

 

- 1 epizootia - Niterói

- 1 epizootia - Angra dos Reis (Ilha Grande)

- 1 epizootia - Barra Mansa

- 1 epizootia - Valença

- 1 epizootia - Miguel Pereira

 

*A SES ressalta que os macacos não são responsáveis pela transmissão da febre amarela. A doença é transmitida através da picada de mosquitos.

 

Ao encontrar macacos mortos ou doentes (animal que apresenta comportamento anormal, que está afastado do grupo, com movimentos lentos etc.), o cidadão deve informar o mais rápido possível às secretarias de Saúde do município ou do estado do RJ.

 

*A Secretaria reforça a importância das pessoas que ainda não se vacinaram buscarem um posto de saúde próximo de casa para serem imunizadas.

 

*O boletim leva em consideração o Local de Provável Infecção (LPI)

 

Fonte: VNOTÍCIA/Ascom-SFI/Imprensa RJ

 

 

Leia mais em GERAL