SOBRE     |     FALE CONOSCO

LAZER E CULTURA

Beija-Flor é campeã do Carnaval do Rio de Janeiro

POSTADO EM 14/02/2018 17:14:00 POR: VNOTÍCIA

 

 

A escola de samba campeã do carnaval de 2018 no Rio de Janeiro é a Beija-Flor de Nilópolis. A escola apresentou o enredo "Monstro é aquele que não sabe amar. Os filhos abandonados da pátria que os pariu”, baseado no livro de terror Frankenstein, de autoria de Mary Shelley, que completou 200 anos.

 

Na obra, um cientista dá vida a uma criatura construída com partes de pessoas mortas, tornando-se uma figura feia. No desfile, a figura foi usada para críticas a problemas sociais como corrupção e desigualdades.

 

Em uma disputa apertada, a campeã ficou apenas um décimo à frente da segunda colocada, a Paraíso do Tuiuti.

 

As escolas de samba foram avaliadas em nove quesitos: alegorias e adereços, bateria, fantasia, samba-enredo, comissão de frente, evolução, harmonia, mestre-sala e porta-bandeira e enredo.

 

Veja algumas imagens do desfile da Beija-Flor:

 

“Monstro é aquele que não sabe amar. Os filhos abandonados da pátria que os pariu” foi o título do enredo da Beija-Flor de Nilópolis para o Carnaval de 2018. (Foto: Mauro Pimentel - AFP)

 

Malas de dinheiro no desfile da Beija Flor. (Foto: Mauro Pimentel - AFP)
 
 
A “guerra santa brasileira”, representando a religião na política no Brasil. (Foto: Mauro Pimentel - AFP)


"Banana para o Brasil", representando políticos e empresários.(Foto: Mauro Pimentel - AFP)


Destaque representa os mortos pela guerra contra o tráfico no Rio. (Foto: Silvia Izquierdo - AP)


Pablo Vittar foi destaque em carro que critica a intolerância. (Foto: Mauro Pimentel - AFP)


Crianças representando as vítimas da guerra as drogas, que frequentemente fecha as escolas no Rio. (Foto: Pilar Olivares-Reuters)


Performance da escola mostra mortos pela violência. (Foto: Mauro Pimentel - AFP)


Performance da escola retratando violência no Rio. (Foto: Mauro Pimentel - AFP)


Lobo em pele de cordeiro e suas mala de dinheiro. (Foto: Mauro Pimentel - AFP)


Destaque representa o encarceiramento em massa nas prisões do Brasil. (Foto: Mauro Pimentel - AFP)
 

Fonte: Agência Brasil

 

 

Leia mais em LAZER E CULTURA