SOBRE     |     FALE CONOSCO

GERAL

Porto do Açu se apresenta como alternativa logística para empresários mineiros

Do total de 1,3 milhão de toneladas já movimentadas, 77% teve como origem ou destino MG

POSTADO EM 24/11/2018 15:34:00 POR: VNOTÍCIA
Foto: Ascom Porto do Açú (Veja legenda ao final da matéria)
Foto: Ascom Porto do Açú (Veja legenda ao final da matéria)

 

A Porto do Açu Operações, em parceria com a Federação das Indústrias de Minas Gerais (FIEMG), realizou ontem, pela primeira vez em Belo Horizonte, o Port Day, no Museu Inimá de Paula. Localizado em São João da Barra (RJ) e em operação desde 2014, o Porto do Açu tem potencial para ser a solução portuária da indústria de Minas Gerais, tanto pela sua localização estratégica, quanto pela moderna infraestrutura do Complexo, construído sob o moderno conceito porto-indústria.

 

“A conexão de Minas com o litoral do Rio de Janeiro, para escoamento e exportação do minério, deu o pontapé inicial para as operações do Porto de Açu, em 2014. Desde então, essa ligação ganhou força, mas ainda há espaço para expansão. Por isso, escolhemos Belo Horizonte para ser a primeira cidade a receber o Port Day, evento que teve como mote apresentar a empresários mineiros as operações do Porto do Açu, além de buscar a ampliação de negócios”, afirmou o CEO da Porto do Açu Operações, Tadeu Fraga.

 

O Presidente da FIEMG, Flávio Roscoe, também participou do evento e defendeu o Porto do Açu como uma alternativa para otimizar a logística das empresas mineiras, tanto para escoamento da sua produção, quanto para importação de insumos e recursos. “Cerca de 97% das exportações marítimas mineiras estão concentradas em 5 portos e o Porto do Açu é um deles, com 4,3% da movimentação. Além disso, 84% das exportações de Minas tem sinergia com as principais áreas de atuação no Porto: insumos cimentícios (gipsita, coque, escória), bauxita, minerais (manganês, concentrados, nitratos), ferro gusa, produtos siderúrgicos, fertilizantes e grãos”, afirmou.

 

O Porto do Açu conta com um Terminal Multicargas (T-MULT), autorizado a operar granéis sólidos e carga de projetos, e que já movimenta bauxita, coque, carvão, gipsita, sucata, carga geral e de projetos, rochas ornamentais, veículos e coque. Do total de 1,3 milhão de toneladas já movimentadas pelo T-MULT, 77% teve como origem ou destino o Estado de Minas Gerais. Somente em 2018, o terminal movimentou 392 mil toneladas para o Estado (20% a mais do que em 2017). Além disso, o Açu também movimenta minério de ferro, que vem do município de Conceição do Mato Dentro, em Minas Gerais, através de 529 km de mineroduto, pelo terminal da Ferroport – uma joint venture da Prumo Logística e da Anglo American.

 

 

Segundo a diretora comercial da Porto do Açu, Tessa Major, o evento é um marco para selar a vocação do Açu como o “porto de Minas”. “Viemos nos apresentar de forma estruturada para os nossos potenciais clientes mineiros. Importante destacar que somos um porto sem gargalos e sem fila de espera, o que torna a operação mais rápida, eficiente e, principalmente, mais barata. Além disso, o Açu é um porto 100% privado, o que favorece a relação com as empresas e atendimento às necessidades específicas de cada cliente”, concluiu.

 

O evento também contou com a presença do auditor-fiscal, delegado da Alfândega da Receita Federal em Belo Horizonte, Dr. Bruno Carvalho Nepomuceno, e John Cuttino, representante do Porto de Houston no Brasil, novo porto parceiro do Açu.

 

Conheça os integrantes da foto:

Legenda da foto - Ascom Porto do Açú

Tadeu Fraga – CEO Porto do Açu Operações

John Cuttino - Representante do Porto de Houston no Brasil

Johan Van der Stricht - Diretor da Câmara BelgaLux

Henrique Rabelo – Cônsul honorário da Bélgica em Minas Gerais e representante do Porto de Antuérpia

Bruno Carvalho Nepomuceno - Auditor-fiscal, delegado da Alfândega da Receita Federal em Belo Horizonte

Victor Becho – Representante da equipe de Transição do Governo Estadual

 

Tessa Major – Diretora Comercial do Porto do Açu

 

Leia mais em GERAL