SOBRE     |     FALE CONOSCO

GERAL

Homem de 33 anos morre com suspeita de dengue hemorrágica em SFI

Quadro da vítima, que morava em Floresta, piorou rapidamente neste sábado, 08

POSTADO EM 08/06/2019 16:37:00 POR: VNOTÍCIA
Morte prematura - Rones Pereira não resistiu após ter contraído dengue (Foto: Facebook)
Morte prematura - Rones Pereira não resistiu após ter contraído dengue (Foto: Facebook)

 

Um homem de 33 anos, morador na localidade de Floresta, em São Francisco de Itabapoana, morreu na manhã deste sábado, 08, após ter sido diagnosticado com dengue. A suspeita é de que o paciente, Rones Pereira da Silva, tenha sido acometido da forma mais grave da doença, a dengue hemorrágica

 

O secretário municipal de Saúde Sebastião Cambista, disse ao site VNOTÍCIA, que o diagnóstico de dengue já foi fechado, mas que a Secretaria investiga agora se foi dengue hemorrágica.  “Pela evolução negativa rápida e grave da doença, a suspeita principal é de dengue hemorrágica”, disse Campista.

 

O homem foi internado na quinta-feira no Hospital Manoel Carola, em Ponto de Cacimbas. O caso foi notificado como dengue, tendo em vista os exames clínicos e laboratoriais associados aos sintomas.

 

“O paciente estava internado em tratamento para se recuperar do quadro de dengue, entretanto teve uma evolução negativa na manhã deste sábado e teve de ser entubado imediatamente. Após conseguirmos estabilizá-lo, fizemos a remoção para Campos. Enquanto aguardávamos uma vaga no hospital de referência, que é o Hospital dos Plantadores de Cana, o paciente foi levado ao Hospital Geral de Guarus (HGG). Ele acabou falecendo no momento em que a equipe médica do HGG fazia uma avaliação ainda dentro de nossa ambulância”, explicou o secretário. A ambulância do Resgate Municipal retornou com o corpo para o Hospital Manoel Carola, de onde foi liberado para sepultamento.

 

Segundo o diretor clínico do Hospital Manoel Carola, Eber Marins, o quadro sugestivo de dengue hemorrágica se explica pela diminuição drástica do número de plaquetas, que chegou a 15 mil na manhã deste sábado, quando o normal é a partir de 150 mil, além do fato de o paciente ter descompensado rapidamente.

 

 “Seu quadro se mantinha estável e ele seguia o tratamento conosco no Hospital Manoel Carola. Quando o paciente descompensou, na manhã deste sábado, buscamos estabilizá-lo para realizar a transferência, mas, infelizmente, o quadro evoluiu negativamente de maneira rápida”, disse Eber.

 

O médico acrescentou ainda que, apesar de todos os indícios apontarem para dengue hemorrágica, somente após a Vigilância Estadual analisar os dados da notificação que o município apresentou ao órgão é que o diagnóstico será fechado em 100% para dengue hemorrágica.

 

Carro Fumacê

 

Segundo Sebastião Campista, na segunda-feira, 10, o município receberá o carro fumacê do Estado, que iniciará um trabalho a partir de terça-feira pelos locais com maior incidência de casos notificados.

 

“Nos primeiros três meses do ano tivemos poucos casos notificados, mas foi em abril e principalmente em maio que os casos aumentaram consideravelmente. Por isso iremos começar um trabalho com o carro fumacê e vamos realizar mutirões envolvendo diversas secretarias para combater os focos de mosquito. Pedimos paciência à população, pois iremos começar pelos locais com maior incidência das doenças”, comentou Campista.

 

De acordo com o secretário, foram notificados em 2019 cerca de 330 casos de dengue e 42 de Febre Chikungunya no município de São Francisco de Itabapoana. 

 

Fonte: VNOTÍCIA

 

Leia mais em GERAL