SOBRE     |     FALE CONOSCO

POLÍTICA

Quatro candidatos seguem na disputa para a Prefeitura de SFI

Ana Santos não recorre de indeferimento e deixa de ser candidata; Zé Renato já havia desistido

POSTADO EM 16/10/2020 17:50:00 POR: VNOTÍCIA
Dos seis candidatos que registraram candidaturas, dois já deixaram a disputa
Dos seis candidatos que registraram candidaturas, dois já deixaram a disputa

 

A disputa eleitoral em São Francisco de Itabapoana passou a contar com quatro candidatos a prefeito. A até então candidata Ana Santos (Patriota), que teve seu registro indeferido, não apresentou recurso e o processo foi transitado em julgado, sendo arquivado pela Justiça Eleitoral. Além de Ana Santos agora, já havia deixado a disputa o empresário José Renato.

 

Seguem na campanha eleitoral os candidatos: Pedrinho Cherene (Progressistas), Francimara (SD), Papinha (Repuplicanos) e Marcelo Mansur (PMB) (em ordem na foto acima).

 

No processo que indeferiu o registro de Ana, o juiz Márcio Roberto da Costa citou que a candidata deixou de apresentar os documentos exigidos pela legislação em vigor e que o pedido de registro de candidatura não se encontra em conformidade com o disposto no artigo 27 da Resolução TSE nº 23.609/2019. Em sua manifestação, o Ministério Público Eleitoral foi favorável ao indeferimento.

 

Segundo consta no processo do registro da candidata, Ana não protocolou o plano de governo e o documento de identificação no ato do pedido do registro. Ela foi intimada via WhatsApp a apresentar, mas não apresentou.

 

O VNOTÍCIA falou com o até então candidato a vice, Cesar Ornelas. César alegou que Ana não teve acesso à intimação para apresentar os documentos, pois seu celular não recebeu as notificações da Justiça. Ele se defendeu ainda alegando que o plano de governo e o documento de identificação foram entregues tão logo a candidata tenha tomado conhecimento da solicitação.

 

De acordo com o processo, a apresentação da documentação se deu no dia 08 de outubro, após a sentença que indeferiu a candidatura, que também é datada do dia 08. O VNOTÍCIA apurou que, para seguir na disputa, a candidata deveria apresentar um recurso à decisão que indeferiu sua candidatura, e não apenas protocolar os documentos antes ausentes.

 

 

 

 

Leia mais em POLÍTICA