ESRJ Fale Conosco Anuncie Sábado, 13 de abril de 2024
Notícias / ES / Cachoeiro de Itapemirim

Polícia

Médico morre afogado ao tentar salvar neta na Lagoa do Siri, no ES

Segundo testemunhas, Gedião Cesar Seraphim estava acompanhado da neta quando se afogou. O médico era de Cachoeiro de Itapemirim, na mesma região.

14/02/2024 às 08h28 | Atualizado: 16/02/2024 às 12h28

Um médico de 72 anos morreu afogado na tarde desta terça-feira (13), na Lagoa do Siri, em Marataízes, no Sul do Espírito Santo. Segundo testemunhas, Gedião Cesar Seraphim estava acompanhado da neta quando se afogou. O gastroenterologista trabalhava e morava em Cachoeiro de Itapemirim, na mesma região.

 

De acordo com informações de salva-vidas que atenderam a ocorrência, o corpo da vítima foi encontrado após cerca de uma hora de buscas.

 

Populares relataram à equipe do Corpo de Bombeiros que o idoso estava com a neta na água e, ao salvá-la, acabou submergindo e desaparecendo. Os militares foram ao local, realizaram buscas e encontraram o corpo da vítima. A Polícia Científica foi acionada.

 

A Secretaria Municipal de Defesa Social e Segurança Patrimonial, que coordena os salva-vidas de Marataízes informaram que o homem e a neta, que não teve a idade divulgada, atravessaram a ponte e entraram em um local da lagoa que é mais profundo, uma área de manguezal, com profundidade que chega a seis metros em alguns pontos.

 

A Polícia Civil informou que a perícia da Polícia Científica (PCIES) foi acionada por volta das 13h45 e que o corpo da vítima foi encaminhado para o Serviço Médico Legal (SML) de Cachoeiro de Itapemirim, para ser necropsiado e, posteriormente, liberado para os familiares.

 

Fonte: G1 ES

 

 

Últimas

+
BUSCAR POR DATA
DESENVOLVIDO POR JEAN MORAES