ESRJ Fale Conosco Anuncie Sexta-feira, 18 de junho de 2021
Notícias / RJ / Sao Francisco de Itabapoana

Política

Relembre a trajetória de Mazinho, o forrozeiro que virou vereador em São Francisco de Itabapoana

11/06/2021 às 01h18 | Atualizado: 11/06/2021 às 01h34

Da música para a política: Mazinho deixará muitas saudades em SFI

 

O vereador e cantor Jonimásio Ferreira Higino, o Mazinho da Banda, que morreu aos 47 anos na noite desta quinta-feira, 10, vítima da Covid-19, teve sua vida dedicada à música, tendo nos últimos anos ingressado na política. O VNOTÍCIA relembra a trajetória do cantor que virou vereador, e representou muito bem sua querida Praça João Pessoa na Câmara Municipal.

 

Carreira como cantor

 

Mazinho herdou o gosto pela música de seu pai, seu Geraldo da “Sanfona”, que promovia forrós. Mazinho, que nasceu e foi criado em Praça João Pessoa, começou a cantar na década de 90. Seu estilo preferido sempre foi o forró, tendo iniciado sua carreira tocando na noite acompanhado por um teclado.

 

No final da década de 90, como sua carreira crescia, Mazinho convidou alguns músicos e fundou a Banda Brilhos da Terra, que passou a acompanhá-lo nos shows. Como tinha na sanfona do pai uma de suas principais referências musicais, o cantor fez questão de contratar um sanfoneiro para integrar a banda. A partir daí passou a percorrer a região fazendo shows de forró.

 

Apesar do sucesso entre os amantes do forró, Mazinho não se acomodou, e passou a tocar outros estilos musicais. Com a intenção de agradar todos os públicos em seus shows, o cantor ampliou seu repertório.

 

Praça na Folia

 

Mazinho resgatou os antigos carnavais em Praça João Pessoa, incentivado pela sua mãe, dona Ana. Sendo assim criou o “Praça na Folia”, carnaval fora de época que acontecia sempre no sábado antes da Páscoa. A última edição do evento, a 17ª, aconteceu em 2019.

 

Trajetória na política

 

Mazinho começou a se enveredar na política nas eleições municipais de 2016, quando se candidatou a vereador apoiando a prefeita Francimara. Naquele pleito Mazinho obteve 377 votos, ficando como suplente do Solidariedade. Na legislatura passada chegou a assumir por poucos meses uma cadeira na Câmara, mas logo voltou para a suplência.

 

Em 2020, mais experiente na política, Mazinho se candidatou novamente, desta vez pelo PSD, se elegendo com uma expressiva votação, 956 votos, sendo o segundo mais votado do partido.

 

Suplente Leandro Babão assumirá cadeira de Mazinho na Câmara Municipal

 

A cadeira de Mazinho na Câmara Municipal será herdada pelo suplente Leandro Babão, que obteve 818 votos. Na legislatura passada Leandro já havia exercido, como suplente, a função de vereador na vaga de Yara Chintia. Yara ocupou o cargo de vereadora durante o primeiro mandato da prefeita Francimara.

 

Colaborou com essa reportagem o professor Cícero Neto

 

 

 

Últimas

+
BUSCAR POR DATA
DESENVOLVIDO POR JEAN MORAES